Pesquisando entre Membros e Congregados da igreja, neste mês chegamos a seu nome, entre alguns outros, como DIGNOS PROFISSIONAIS que têm sido exemplarmente responsáveis com o serviço que prestam à população. Parabéns. Leia algumas sugestões que lhe damos agora.


Do seu e de outros nomes, é que chegaremos aos INFLUENTES em nossa cidade, para este ano.
.
.
.
.
.

6 CARACTERÍSTICAS PARA SER UM GERENTE DE PROJETOS DE SUCESSO







Os melhores Gerentes de Projetos são aqueles que constantemente entregam, no prazo e dentro do orçamento, projetos que atendem ou excedem as expectativas dos stakeholders.

Estes Gerentes de Projetos entendem que a liderança e habilidades pessoais são ainda mais importantes para um bom gerenciamento do que uma metodologia sólida e ferramentas de monitoramento.



Acreditando também nestes conceitos, procurei citar 6 características indispensáveis para o sucesso de um Gerente de Projetos. Vamos a elas:

Eles possuem o dom da antecipação. Bons Gerentes de Projetos são capazes de antecipar e evitar problemas que podem comprometer prazos, orçamentos e aceitação do usuário
Eles são organizados. Organização parece ser uma característica evidente de um Gerente de Projetos, mas ela se manifesta de várias maneiras. Na maioria dos projetos, há tantas coisas que precisam ser feitas que é difícil controlar tudo. Ser capaz de priorizar o trabalho de sua equipe é um aspecto crítico que um Gerente de Projetos tem que saber lidar.


Eles sabem conduzir. O Gerente de Projetos tem que interagir e influenciar uma variedade de públicos, incluindo seu próprio time e os demais influenciadores do projeto. Uma vez que muitos membros da equipe de projeto não reportam diretamente ao Gerente de Projetos, ele deve pensar em formas de motivar estas pessoas sobre os quais ele não tem nenhuma influencia direta e que podem de alguma forma arruinar o resultado final de um projeto. O Gerente de Projetos também precisa ser capaz de inspirar a confiança junto aos stakeholders e patrocinadores, no caso do orçamento ou cronograma sofrerem alterações e consequentemente exigirem renegociações para a finalização do projeto.


Eles são bons comunicadores. Gerentes de Projetos bem sucedidos efetivamente usam e-mails, realizam reuniões e apresentam relatórios de status para comunicar suas ideias, obter decisões ou resolver problemas. Sabem o quanto é importante discutir o projeto junto ao seu público, prevendo e alertando possíveis ganhos ou perdas de resultados.


Eles são pragmáticos. Às vezes, os Gerentes de Projetos podem ser muito analíticos, o que atrasa o progresso de um projeto. Os bons Gerentes se concentram em realizar o trabalho bem feito utilizando os recursos disponíveis para eles.


Eles são empáticos. Os Gerentes de Projetos dependem de terceiros para obterem sucesso. Eles não podem influenciar outros se não entenderem o que motiva seus stakeholders. Eles precisam entender as preocupações dos stakeholders a respeito do projeto, levar em considerações estes pontos e resolvê-los da melhor forma possível.

Os Gerentes de Projetos mais experientes entendem que, se não fizerem o lado humano da gestão do projeto, não importa quão boa é sua metodologia ou sua ferramenta. Se não estiverem gerenciando seus usuários, patrocinadores ou stakeholders, poderão até entregar dentro do orçamento, mas talvez não atenderão as necessidades deste público, gerando total insatisfação e rejeição ao resultado final do projeto.