Pesquisando entre Membros e Congregados da igreja, neste mês chegamos a seu nome, entre alguns outros, como DIGNOS PROFISSIONAIS que têm sido exemplarmente responsáveis com o serviço que prestam à população. Parabéns. Leia algumas sugestões que lhe damos agora.


Do seu e de outros nomes, é que chegaremos aos INFLUENTES em nossa cidade, para este ano.
.
.
.
.
.

ESTÁGIO E EMPODERAMENTO – INVISTA EM VOCÊ!


Este é o último texto da série sobre comportamentos, dicas e competências necessárias para os profissionais que vão ou estão iniciando suas carreiras: estagiários e juniores.
O tema hoje pode ser estendido a profissionais de todos os níveis, pois, trata-se de investimento em si (na sua carreira e para a sua vida).
Incrivelmente me deparo em pleno ano de 2016 com profissionais que não possuem o hábito de investir (economizar) e gastam todo o seu salário no pagamento de contas e compras de produtos ou lazer. E, nem de longe quero desmerecer a relevância de manter as contas em dia, adquirir produtos que necessitem e se divertirem, mas estes não podem ser os únicos caminhos para o dinheiro seguir. Em tempos de crise – como a que vivemos – muitos que não possuem nenhuma renda guardada e perdem seus empregos encontram-se em situações de extrema dificuldade.
Imagem via Shutterstock
Imagem via Shutterstock
Lá no meu primeiro estágio aprendi uma lição valiosa com a minha mãe: poupe e tenha sempre uma reserva, nunca se sabe o dia de amanhã. E, graças a isto, encarei um longo período desempregada (leia sobre no texto “Quando o desemprego bate à porta…“) sem tantos impactos no meu estilo de vida.
As crises econômicas existem e sempre poderão ocorrer em qualquer país e Governo, portanto, é importante desde o primeiro emprego criar o hábito de economizar: seja 5, 10 ou 20% do seu salário, o que vale é a frequência, a disciplina e o hábito (a repetição mês a mês) desta prática. Talvez você demore como eu a encarar um período tão longo desempregado, mas ninguém pode garantir que isso não ocorrerá contigo. Então, invista em você desde já!
Quando digo invista eu quero dizer: economizar, fazer cursos e conquistar certificações, pois, tudo isso pode mantê-lo em destaque no mercado e ser um diferencial no momento da crise.
E para você, que já tem alguns anos de carreira e nenhuma economia, comece já! Nunca é tarde para criar o hábito da economia, inicie com o valor que estiver ao alcance da sua realidade e incremente a cada melhora da situação.
No livro “Os segredos da mente milionária”, o autor T. Harv Eker menciona que ao receber o salário a primeira atitude que deve ser feita é pagar a si mesmo, ou seja, meus caros colegas, pagar aquela pessoa que mais batalha pelos seus sonhos, V O C Ê! [entenda por “pagar a si mesmo” o mesmo que economizar, investir].
Recomendo que leia o livro, pratique aquilo que for possível e no próximo salário já defina a quantidade que será dedicada ao seu futuro. Dica: para facilitar a adoção deste hábito antes de qualquer outra atitude, reserve o valor da sua economia (no fundo de renda fixa, na poupança etc).
P.S.1: Vale lembrar que não vale de nada atrasar uma conta para economizar, ok? E nem viver cheio de restrições criando o mau hábito de trabalhar para apenas economizar.
P.S.2: Quem curtiu essa série, no meu perfil do Linkedin tem um texto bônus sobre reconhecimento e motivação, se ainda não faz parte da minha conexão me adiciona lá e confira minha dica extra.
Sucesso!!!
AGRADEÇA AO AUTORCOMPARTILHE!

CAROLINA SOUZA

Mais artigos deste autor »
Coach de Carreira Empresarial & Autorrealização. Especialista em Gerenciamento de Projetos [PMP] e Engenharia de Requisitos [CPRE-FL] com 13 anos de prática no mundo empresarial, atua como consultora, palestrante e mentora nas áreas de gestão, liderança, processos operacionais e desempenho de equipes. Colunista de revista e site especializados em TI. Autora do Blog Conversas Inteligentes, que aborda temas acerca do desenvolvimento humano.